Como surgiu o GEPAk

Como surgiu o GEPAk – Grupo de Estudos e Práticas Antroposóficas ?
O Grupo de Estudos e Práticas Antroposóficas (GEPAk) foi criado em 15/04/2007, na cidade de Petrópolis-RJ, com a finalidade de instituir um grupo para a promoção e divulgação da Antroposofia nas ações de interesse social e de desenvolvimento de atividades de saúde, visando a melhoria da qualidade de vida. A idéia surgiu após uma reunião ocorrida no dia supracitado, agendada após encontro do Dr. Antônio Marques (Vivenda Santanna – Juiz de Fora – MG) com as Dra. Monika Müller (Centro de Estudos Monika Müller – Petrópolis – RJ) e Dra. Maria Claudia Nabuco (Petrópolis – RJ), e que contou também com as presenças da Dra. Márcia Groeler (Angra dos Reis – RJ) e da Sra. Paula Vianna (Rio de Janeiro – RJ). A partir da 2° reunião do grupo, houve a adesão da fisioterapeuta Christine Pouchucq (Petrópolis – RJ). Em 29/09/2007, idealizou-se a Clínica Médica Antroposófica Mikhael (CMAM) para colocar-se em prática as idéias surgidas durante as reuniões mensais; nesta importante reunião, a Dra. Letícia Malta (Juiz de Fora – MG) e o Dr. Daniel Malta (Juiz de Fora – MG), germinaram a idéia de viabilizar o atendimento médico e odontológico antroposóficos à população de Matias Barbosa – MG (Ambulatório Ita Wegman), e assim o fizeram arcando com obras que realizaram com recursos próprios, até que o Hospital Antroposófico em Matias Barbosa – MG (ainda em construção), começasse a funcionar.
Pelas reuniões do GEPAk, passaram o Dr. Juarez Araujo (Juiz de Fora – MG) e o Dr. Candido Fonseca Neto (Petrópolis – RJ), a terapeuta artística antroposófica Sra. Viviane Nakayama e o Sr. Roberto Dilly, todos ajudando com sugestões para a implementação da medicina antroposófica e suas terapias como realidade na nossa região.
Paralelamente, o GEPAk/CMAM é vinculado à AAER (Associação Antroposófica Estrada Real) que é a mantenedora do 1° Hospital Antroposófico fora da Europa (supracitado). Também coordena o 1°Curso Básico de Terapias Antroposóficas que está ocorrendo em nossa cidade – com o aval da ABMA (Associação Brasileira de Medicina Antroposófica)/ABMA-RJ – ligado ao Dr. Antonio Marques e ao mesmo Curso ministrado na cidade de Juiz de Fora – MG.
Em 16/02/2008, a pedra fundamental do HA-MB foi colocada e o Ambulatório Ita Wegman (AIW) foi inaugurado.
Em 27/02/2008, a Dra. Monika Müller desligou-se do grupo, o que ocasionou a transferência das palestras, do Curso em formatação e das reuniões mensais para outro endereço, posto que utilizávamos as instalações do CEMM em Correias-Petrópolis-RJ para tais atividades. As palestras continuaram a ocorrer espaçadamente em outros locais de Petrópolis (UCP, Estácio.etc.), as reuniões ficaram virtuais (atualmente estamos com reuniões de estudos semanais no Bingen) e o Curso está ocorrendo na Universidade Estácio de Sá – campus Bingen. O Ambulatório Ita Wegman (AIW) está em pleno funcionamento , prestando atendimento (agora só pela odontologia integral antroposófica) à população de Matias Barbosa e recebendo a(o)s aluna(o)s do Curso de Odontologia Integral Antroposófica para as aulas teóricas e práticas, sob a coordenação e orientação da Dra. Letícia Malta. O ambulatório do HA-MB iniciará o atendimento médico antroposófico em 27/06/2009.
E muito mais temos pela frente…

2 comentários em “Como surgiu o GEPAk

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s